Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

21 de Setembro de 2019 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Câmara de Santa Teresa emite nota sobre agressões da última terça-feira (13)
Publicado 15 de agosto de 2019

CÂMARA SANTA TERESA

 

 

 

Na última terça-feira (13), o presidente da Câmara de Santa Teresa, Bruno Araújo (PV), foi agredido enquanto discursava na Sessão Ordinária.

 

 

O assunto em questão era o projeto de lei n° 016/2019 que autoriza a prefeitura a contratar um empréstimo de R$ 2,5 milhões para custear lâmpadas de LED para a iluminação pública.

 
O presidente defendia a proposta e criticava, sem citar nomes, quem fez postagens nas redes sociais contra a medida. Instantes depois, surgiu o ex-servidor municipal Gabriel Braun, que atingiu o presidente algumas vezes com uma bolsa de pano. Araújo não se feriu. E continuou a discursar. O presidente disse que não seria preciso chamar a polícia e frisou que não havia citado nomes.

 

 

Em nota, a Câmara Municipal de Santa Teresa repudiou as agressões e que a Casa de Leis “é um espaço democrático de debates e discussões onde não há espaço para violência e agressões”.

 

 

Confira a nota na íntegra:

 

 

“A Câmara Municipal de Santa Teresa lamenta o ocorrido nesta Casa de Leis na Sessão Ordinária desta terça-feira (13). A Câmara é um espaço democrático de debates e discussões onde não há espaço para violência e agressões.

 

 

Cabe ao Parlamento municipal que seja o principal “instrumento” de constante debate com a sociedade, refletindo os interesses da opinião pública e o bem-estar da coletividade.

 

 

Na Sessão Ordinária desta terça-feira (13) os vereadores debatiam sobre projeto de lei da prefeitura que trata do empréstimo para financiamento da iluminação pública do município de Santa Teresa.

 

 

Em sua fala no plenário, o presidente da Câmara, Bruno Henriques Araújo, defendeu a proposta explicando que a troca das luminárias atuais pela iluminação de LED irá beneficiar toda a população teresense e que irá reduzir o consumo de energia elétrica em cerca de 60% e ainda que o pagamento será efetuado com a economia gerada na própria redução de gastos com a iluminação pública.

 

 

Logo em seguida, o presidente criticou – sem citar nomes – algumas postagens nas redes sociais que distorciam as informações sobre o Projeto de Lei n° 016/2019.

 

 

O cidadão Gabriel Braun – ex-servidor municipal – se sentiu ofendido, partiu para cima do presidente e o agrediu fisicamente com uma bolsa de pano.

 

 

A Câmara de Santa Teresa repudia qualquer forma de agressão contra cidadãos e contra autoridades constituídas.

 

 

O presidente desta Casa de Leis fará um boletim de ocorrência e encaminhará para o judiciário.”

Comentários