Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

30 de Maio de 2020 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Comércios que não se ajustam às normas estão sendo fechados pela Polícia em Santa Maria de Jetibá
Publicado 23 de março de 2020

 

c7e41355-4b4b-4d37-ba2c-ce27d570655a

 

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, anunciou, na tarde da última sexta-feira (20), medidas para proteger a população capixaba do contágio do coronavírus (Covid-19). Desta forma, desde sábado (21), todos os comércios em território capixaba terão que ficar fechados pelos próximos 15 dias.

 

Apenas farmácias, supermercados, padarias, alimentação e cuidados animais, postos de combustíveis, poderão permanecer abertos. Restaurantes e lanchonetes só poderão funcionar até às 16 horas. Essas e outras medidas foram publicadas no Diário Oficial do Estado no sábado (21).

 

No entanto, alguns comerciantes insistem em descumprir esta ordem e continuam comercializando como se nada estivesse ocorrendo. Desta forma, equipes da Polícia Militar (PM) de Santa Maria de Jetibá começaram uma fiscalização nesta segunda-feira (23) nos comércios que não estão se ajustando às normas regidas para amenizar os riscos da pandemia do coronavírus.

 

O 1º sargento e comandante do DPM de Santa Maria de Jetibá, Rogério Schereder, informou que nesta segunda-feira algumas equipes da PM começaram a fiscalização nos comércios do interior, centro e bairros no entorno da Sede. “Nosso município tem uma extensão territorial muito grande, hoje começamos a trabalhar através de denuncias que foram averiguadas em diversas localidades, mas aos poucos iremos percorrer todo o município”, destacou Schereder.

 

O comandante informou ainda que várias denúncias de descumprimento da ordem foram encaminhadas para a Polícia Militar, principalmente referente aos bairros de Rio Possmoser e Garrafão. “Neste primeiro momento estamos averiguando as irregularidades e orientando sobre o fechamento dos comércios que estão descumprindo orientações, mas caso haja persistência em continuar desrespeitando o decreto, iremos fazer a condução ao DPJ e o infrator será penalizado. Hoje não tivemos nenhum problema quanto a isto, os proprietários estão respeitando as nossas orientações e estão fechando seus comércios espontaneamente”, ressalta o 1º sargento.

 

De acordo com o comandante da Polícia Militar, a fiscalização não tem dia para acabar e segundo ele a PM vai seguir as normas do governo do Estado. “Estamos passando por um momento muito difícil e grave, pedimos a colaboração de todos para vencermos essa pandemia. Se cada um fizer a sua parte, os danos serão bem menores”, disse Schereder.

 

Comentários