Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

06 de Dezembro de 2019 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Entrevista exclusiva com a Rainha Pomerana Sarah Sthur
Publicado 2 de maio de 2014

rainha pomerana

A tradicional Festa Pomerana de Santa Maria de Jetibá elege mais uma vez a representante da beleza santa-mariense.

 

A vencedora, Sarah Sthur (18 anos), recebeu o título de “Rainha Pomerana” no sábado (26) no desfile realizado no Ginásio de Esportes Hermann Roelk. A jovem com 1,85 de altura e olhos azuis esbanjou beleza e simpatia, características essenciais para uma rainha.

 

Em entrevista ao Jetibá Online, Sarah falou sobre família, persistência ao título e planos futuros, confira esse papo super agradável e conheça um pouco mais a represente da beleza pomerana 2014.

 

Quais são os requisitos para ser uma Rainha Pomerana?

Segundo o regulamento do concurso, que elege a Rainha e as Princesas Pomeranas, as candidatas devem ter o pai ou a mãe com descendência pomerana, morar em Santa Maria de Jetibá, ter idade entre 15 a 20 anos e ser solteira. Ter beleza, elegância, simpatia, desembaraço social e também ter conhecimento da cultura pomerana. Sem esquecer que é fundamental que falem a língua pomerana.

 

No ano passado você foi eleita princesa e neste ano rainha. Qual sua foi sua motivação para concorrer mais uma vez?

Como diria Charles Chaplin, “A Persistência é o melhor caminho para o êxito”. Antes gostaria de esclarecer, que o regulamento do concurso não proíbe princesas já eleitas anteriormente de participar novamente!

Este concurso já tem uma história em minha vida. Participei pela primeira vez em 2012. Em 2013 fui convidada a participar pela segunda vez, e acabei sendo eleita a 1ª Princesa Pomerana. Fiquei muito feliz com o título, e foi um ano maravilhoso. E agora em 2014 fui convidada pela terceira vez, e pelo fato de as pessoas acreditarem em minha capacidade e me apoiarem muito, eu acabei aceitando participar. Foi um mês se preparando com muita dedicação! Ser eleita a Rainha Pomerana foi uma sensação indescritível.

 

Você foi eleita representando a beleza das mulheres pomeranas, qual a importância desse título pra você?

Representar a beleza pomerana é gratificante. Muito feliz e honrada! Sempre serei uma eterna pomerana, de corpo e alma. A cultura pomerana sempre esteve presente na minha vida, e vai continuar. Prometi preservar as tradições em minha família por toda minha vida!

 

Ao que você deve a sua vitória? O que você acha que te diferenciou das outras candidatas?

Primeiro devo agradecer a Deus por esta vitória, porque Ele é justo! Sou muito grata ao comércio que representei com muita satisfação, a loja Lu & Li, que me deu a oportunidade de participar do concurso; a minha família que me apoiou muito, e agradeço principalmente aos meus amigos que foram meus maiores incentivadores.

Não sei bem o que me diferenciou das outras candidatas, pois todas elas estavam lindas, e se estavam lá concorrendo, já eram grandes vencedoras. Acredito que por eu já ter participado mais vezes, adquiri certa experiência, foi o que me ajudou, apesar de ter tido outras candidatas que também já participaram anteriormente.

Senti-me muito segura ao falar para todo o público presente e poder olhar nos olhos das pessoas, sem perder a atenção na minha apresentação. Me senti muito calma, podendo assim mostrar quem sou no dia-a-dia, o sorriso que sempre está estampado no meu rosto, e a alegria que tento passar as pessoas ao meu redor.

 

Sua criação foi dentro da cultura? Fala o pomerano?

Sou filha de legítimos pomeranos, e meus pais sempre me ensinaram as tradições, e o valor que esta tem em nossas vidas. Falo fluentemente a língua pomerana, graças a minha família, que me ensinou desde a infância. É extremamente importante que as crianças aprendam a falar o pomerano desde cedo, pelo fato de a língua ser um dos diferenciais da nossa cidade, e fazer parte das nossas tradições, passando-a de geração a geração.

 

O que muda daqui para frente com título que recebeu?

Talvez não mude muita coisa. Como já disseram, o que muda é a faixa, e se acrescenta uma coroa em minha cabeça (rs). Mesmo muitas pessoas acreditando que a vida das eleitas muda, há um equívoco nisto! É fato que ser uma rainha ou uma princesa, te abre muitas portas e surgem oportunidades inesperadas. Fomos eleitas para representar a beleza do município, e isso já é muito satisfatório. Continuo na vida normal, trabalhando com meus pais, cursando minha faculdade e Deus me abençoando cada dia mais, e eu só tenho a agradecer a Ele.

 

Quais seus planos futuros?

Em relação a planos futuros, diria para não se preocuparem, pois não irei concorrer mais a Rainha e Princesas Pomeranas (rs). Este título é o último aqui em Santa Maria de Jetibá. Agora são outros objetivos a conquistar em minha vida, principalmente profissionais!

 

Foto: João Rudio
Redação Jetibá Online

Comentários