Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

21 de Setembro de 2019 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Definidas as Garotas Ítalo-Teresenses de 2018
Publicado 18 de junho de 2018

GAROTA ITALO TERESENSE 2018. Foto - Ademar Guetler

 

 

Maiara Loterio, Mayra Taufner Medani e Jaqueline Rossi Soares foram as escolhidas pelos jurados e por voto popular.

 

 

A imigrante italiana do século XIX engrossou o êxodo italiano de quase 20 milhões de habitantes. Ela trouxe consigo a força, a coragem e a determinação de quem foge de um futuro sombrio de fome, doenças e frio que assolaram aquele país.

 

 

Sua chegada ao Brasil para ajudar nas lavouras criou um espaço de responsabilidade para manter a família unida, de ajudar nas economias e de lutar para um futuro melhor para os seus filhos.

 

 

A Garota Ítalo-Teresense não é apenas um ícone de beleza, ela representa toda a longa jornada dos imigrantes, que atravessou o último século para formar uma base de cidadania e cultura deixando as palavras, gostos culinários, maneirismos e a religiosidade.

 

 

A eleição para definição das representantes da cultura italiana de Santa Teresa aconteceu no sábado (16) e teve seis candidatas ao posto de Garota Ítalo. Maiara Loterio, Mayra Taufner Medani e Jaqueline Rossi Soares foram as escolhidas pelos jurados e por voto popular.

 

 

Um fato inédito aconteceu na eleição deste ano: o terceiro lugar deu empate, entre Jaqueline e Cristielly dos Santos Coser. Foi realizado outro desfile, onde foi definida a vencedora (de acordo com o regulamento o desempate é feito pelos jurados).

 

 

GAROTA ITALO TERESENSE 2018 - Bambini - Foto Ademar Guetler

 

 

O desfile, muito bem organizado pelo Circolo Trentino di Santa Teresa, contou também com o desfile dos “Bambini”, as crianças que representaram os imigrantes que chegaram em terras teresenses no ano de 1875.

 

 

O evento deu início as comemorações de 144 anos de colonização italiana, abrindo a 27ª Festa do Imigrante Italiano, que acontece de 23 de junho a 1 de julho na primeira cidade e colonização italiana no Brasil, reconhecida na lei nº 13.617, de 11 de janeiro de 2018.

 

 

 

Texto: Leonardo Meira

Fotos: Ademar Guetler 

Comentários