Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

17 de Novembro de 2018 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Estado vai iniciar obras paliativas na ES-080 entre as “duas santas”
Publicado 1 de março de 2018

Em reunião realizada no dia 26 de fevereiro, o DER-ES firmou parceria com os municípios de Santa Teresa e Santa Leopoldina e disse que até dia 9 de março fará obras emergenciais na Rodovia.

 

 

WhatsApp Image 2018-02-27 at 13.58.45

 

 

 

Centenas de moradores da Rodovia Bernardino Monteiro (ES-080), do trecho entre Santa Leopoldina e Santa Teresa, se reuniram na comunidade do Chaves, próximo à Ponte do Balanço no último dia 26, para protestar contra as péssimas condições em que se encontra a rodovia.

 

 

A comunidade ameaça impedir a realização da tradicional Caminhada do Imigrante que acontece todos os anos no dia 1º de maio. O mato cobre a estrada cheia de valas e crateras tornando um perigo para quem arrisca transitar pela via.

 

 

O diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER-ES), Enio Bergoli, esteve na reunião e disse que metade das estradas em responsabilidade do DER estão nas mesmas condições e que seriam necessários R$ 80 milhões para asfaltar esse trecho que têm problemas ambientais para resolver.

 

Ele afirmou, no entanto, que o estado reservou R$ 3 milhões para investir nesse trecho da ES-080 que será pavimentada com revsol (escória de aciaria, coproduto gerado no processo de fabricação de aço utilizado para pavimentação de vias) que diminuirá os buracos e a poeira. Bergoli explicou que o processo de licitação é muito demorado, mas que firmou uma parceria com os prefeitos dos dois municípios para até o dia 09 de março, dar início às obras emergenciais de cunho paliativo enquanto se desenrola os trâmites da licitação para a pavimentação com revsol.

 

 

O vereador de Santa Leopoldina Nelson do Sindicato disse que é preciso mais compromisso do governo e que, devido a situação financeira, é difícil para os municípios ajudarem. “Os prefeitos não têm condições de dar ajuda ao governo. Vivemos no abandono e estamos pedindo o mínimo”, desabafou.

 

 

“Gostei da iniciativa do Estado, porém é preciso aumentar a contrapartida estadual por que os municípios não conseguirão desenvolver melhorias a curto prazo, pois tem outras estradas para cuidar. Santa Teresa, por exemplo, já está realizando aplicação de revsol na estrada do Caravaggio e não pode parar uma obra para iniciar outra”, destacou o vereador Gregorio Venturim, de Santa Teresa.

 

 

O prefeito da Terra dos Colibris, Gilson Amaro, disse que vai cooperar com uma escavadeira e cascalho. “Com R$ 3 milhões vai dar para fazer uma bela estrada, devagarinho tudo vai se ajeitando, temos que dar um voto de confiança ao Enio”, pediu o gestor. O DER-ES irá disponibilizar 4 caçambas, 1 rolo, 2 patrol e 1 retroescavadeira.

 

 

De acordo com o vice-presidente da Associação de Moradores do Chaves, Carlos “Carioca”, mais de 240 pessoas de várias partes do município participaram da reunião. “Se for mantida a data das obras, por enquanto não haverá manifestação, que estava marcada para o dia seis”, lembrou Carioca.

 

 

De Santa Leopoldina estavam presentes 5 vereadores, o prefeito Valdemar Horbelt (Vavá Coutinho) e 3 ex-prefeitos. De Santa Teresa haviam 2 vereadores (Gregório Venturim e Leppaus) e o prefeito Gilson Amaro, além do diretor do DER-ES, Enio Bergoli, e a deputada estadual Janete Sá.

 

 

Texto: Evandro Seixas

 

Comentários