Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

28 de Maio de 2017 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Festa Pomerana prejudicada pela chuva. Parque de Eventos não seria a solução?
Publicado 9 de maio de 2017

 

 

 18301967_731266403701483_5602186994438451071_n

Foto: Divulgação

 

 

 

 

A Festa Pomerana, que em 2017 chegou à 28ª edição, é realizada todos os anos no mês de maio em alusão a emancipação política de Santa Maria de Jetibá, que ocorreu em 06 de maio de 1988. A festa é uma das mais tradicionais e uma das mais aguardadas por pessoas de todo o Estado. Turistas capixabas de todas as partes visitam o município nesta época, atraídos pela cultura pomerana que é ricamente expressada durante a semana da festa com a ornamentação de casas, comércios e das ruas da cidade e, principalmente, com danças, músicas, língua e comidas típicas.

 

 

 

 

 

 

213bcfcc-5447-4a06-8605-1c4d9a5a6765

Este ano a festa se iniciou na terça-feira (02) e foi até o domingo (07). Durante toda a semana aconteceram diversas programações como desfile dos comércios, eleição do vovô e vovó pomeranos, menino e menina pomerana e eleição da rainha pomerana. No domingo, o ponto alto da festa é o desfile histórico cultural e as atrações geralmente com shows nacionais.

 

 

 

 

 

E foi justamente no domingo da festa que o município registrou chuvas volumosas, num acumulado de 44,6 milímetros. O grande e inesperado volume de chuvas que ocorreu por praticamente todo o domingo, acabou afugentando as pessoas do pátio de festas que permaneceu vazio durante todo o dia. Barracas e parque de diversões permaneceram vazios, um prejuízo enorme para quem paga caro por um espaço na festa e não teve o lucro esperado.

 

 

 

 

 

 

 

 

Barracas não deram lucro esperado 

 

 

 

Um vendedor que por medida de segurança preferiu não se identificar, informou que os barraqueiros não obtiveram lucro nesta festa, um tanto pela baixa qualidade das atrações que não levaram muitas pessoas na sexta-feira e no sábado, mas principalmente pelas chuvas que impediram a presença do público no domingo. “As atrações não colaboraram, não foram atrativas e por isso não atraíram o público, mas sem dúvida a grande quantidade de água que desceu no domingo impediu que as pessoas viessem para a festa. Temos esperança de recuperar o prejuízo na próxima”, concluiu o vendedor.

 

 

 

Mario Sergio da Silva, 27 anos e morador de Itarana esteve na festa na sexta-feira e no sábado e destaca que as atrações culturais pomeranas são importantes e abrilhantam a festa, porém deveria haver também outras atrações que agradassem todo tipo de público, principalmente o público de outras cidades que não são pomeranos. “Gosto e admiro a cultura pomerana, mas pelo menos à noite poderia haver outras atrações regionais e nacionais e as bebidas vendidas também poderiam ser melhores pois eram de baixíssima qualidade”, destaca Mario.

 

 

 

 

 

Parque de Eventos poderia ser a solução, além de gerar economias

 

 

A festa ocorre tradicionalmente em maio e já foram realizadas 28 edições e todas no mesmo local. O chamado Pátio de Festas que na verdade é um estacionamento particular e um campo de futebol de propriedade particular pertence à comunidade luterana que cobra pela locação do espaço. Em 2016 a Prefeitura de Santa Maria pagou pelo aluguel do campo e de parte do pátio de festas a quantia de R$ 20.000,00 sem contar o galpão da igreja luterana que é alugado à parte pela comunidade. Em 2017 a prefeitura ainda não divulgou o valor pago.

 

 

 

 

 

Considerando o alto valor pago somente para a locação do espaço, somados aos investimentos realizados todos os anos em cada festa, como aluguel de banheiros químicos, aluguel de todas as barracas, iluminação das barracas, aluguel dos palcos, recuperação e limpeza do campo de futebol, reparos de danos estruturais causados ao local, dentre outros gastos, já estaria na hora de se pensar na construção de um parque de eventos próprio e adequado para a realização de festas e eventos no município, além de exposições agropecuárias e outros eventos, assim como ocorre, por exemplo, nos municípios de Santa Teresa, Afonso Claudio e Venda Nova do Imigrante.

 

 

 

 

 

Pátio de festas no domingo, durante o show principal, deveria estar lotada, mas estava vazia. 

 

 

74a56e02-e588-459a-ad41-2e1398a14a40

 

 

 

 

 

 

Pátio de Festas de Santa Teresa 

 

Santa Jazz 2016. Foto: Leonardo Meira

Santa Jazz 2016. Foto: Leonardo Meira

 

 

 

 

 

 

 

Prefeitura pretende debater em Audiência Pública

 

Foi enviado e-mail para a Secretaria de Comunicação de Santa Maria de Jetibá que respondeu informando que a administração 2017/2020 pretende realizar uma audiência pública para discutir o projeto “Parque de Eventos”.

 

 

 

 

Comentários