Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

24 de Junho de 2017 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Grupo cultural de Santa Maria se apresenta hoje (18) no encerramento dos Passos de Anchieta
Publicado 18 de junho de 2017

 

 

 

Grupo_cultural_de_Santa_Maria_se_apresenta_hoje_18_no_encerramento_dos_Passos_de_Anchieta

 

 

 

 

Dois projetos culturais contemplados pelo Edital 010 da Secult – Circulação de grupos da Cultura Popular – vão se apresentar no encerramento do evento Passos de Anchieta, hoje (18). O grupo Circula Congo, de Cariacica, se apresenta às 12 horas, e o grupo de dança tradicional pomerana Fritzadanz, de Santa Maria de Jetibá, às 14 horas, ambos na programação da chegada dos andarilhos, que vai ocorrer no Pátio do Santuário Nacional de São José de Anchieta, no centro da cidade. A entrada é franca.

 

 

 

 

Criado na região de Santa Maria de Jetibá, no ano de 1972, o grupo Fritzadanz apresentará danças originais, figurinos e canções oriundos dos imigrantes pomeranos, que chegaram à região em meados do século XIX. Já o grupo Circula Congo é uma reunião de integrantes de diferentes bandas de congo de Cariacica. Um dos destaques é a participação dos mascarados e do personagem João Bananeira, que fazem parte do tradicional Carnaval de Congo de Máscaras de Roda D’água.

 

 

 

 

A atividade encerra a edição 2017 da Festa Nacional de São José de Anchieta, uma das celebrações católicas mais tradicionais do Sul do Estado e que tem início em maio. A festa, organizada pelo Santuário Nacional de Anchieta e pela Prefeitura, com apoio do Governo do Estado, já faz parte do calendário oficial de eventos capixabas, sendo muito aguardada por devotos de diversas regiões do Estado, do Brasil e também de outros países.

 

 

 

 

A programação conta com atividades religiosas, culturais, musicais e gastronômicas. Durante os festejos há caminhada luminosa, missas, novena, quermesses, romaria e a tradicional caminhada Passos de Anchieta.

 

 

 

 

 

Tema de 2017

 

 

O tema desta edição – “Anchieta, o poeta de Maria: Ó Mãe, minha esperança, vida, amor e glória!” – reflete, neste Ano Mariano, o grande e profundo amor de São José de Anchieta pela Virgem Maria.

 

 

 

 

São José de Anchieta, padroeiro do Brasil

 

 

 

São José de Anchieta foi declarado Padroeiro do Brasil em 2014, ao lado de Nossa Senhora Aparecida, um ano após ter sido reconhecido como Santo pelo Papa Francisco. Na ocasião, o pedido para que São José de Anchieta se tornasse padroeiro do país e que o Santuário passasse a ser oficialmente Santuário Nacional de São José de Anchieta foi feito pelo Padre Cesar Augusto dos Santos, hoje reitor do Santuário.

 

 

 

 

Anchieta nasceu na cidade de San Cristóbal de La Laguna, na ilha de Tenerife, arquipélago das Canárias, pertencente à Espanha, no dia 19 de março de 1534. Ele chegou ao Brasil em 1553, em Salvador (BA). O jesuíta fazia parte da Companhia de Jesus e veio para a colônia portuguesa para catequizar os índios. Foi fundador da cidade de São Paulo e ainda ajudou na fundação do Rio de Janeiro. Viveu parte da sua vida no Espírito Santo, onde morreu em 1597. Neste estado, fundou a cidade de Reritiba, que hoje recebe o nome de Anchieta. O sacerdote também é padroeiro dos catequistas, dos literatos e da cultura.

 

 

 

 

Programação:

 

Domingo (18)

10h – Quermesse na Praça do Santuário.

10h30 – Missa de acolhida da Romaria dos Devotos e dos Passos de Anchieta, no Santuário.

12h – Apresentação do grupo Circula Congo, de Cariacica

13h – Missa do Peregrino, no Santuário.

16h – Apresentação do grupo de dança tradicional pomerana Fritzadanz, de Santa Maria de Jetibá.

19h – Missa de encerramento da Festa Nacional de São José de Anchieta, no Santuário.

 

 

 

 

 

Texto: Governo do Estado do ES / Foto: Governo do Estado do ES

Comentários