Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

18 de Julho de 2018 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

“Internet Para Todos” em 50 municípios capixabas
Publicado 9 de março de 2018

 

 

internet

 

 

Mais de 1500 Municípios do Brasil aderiram ao Programa Internet para Todos, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. No Espírito Santo, 50 Municípios aderiram ao Programa, que vai beneficiar 120 comunidades do Estado, e estão aptos a participar do evento de assinatura dos contratos no dia 12 de março, em Brasília.

 

 

 

Em pronunciamento nesta terça-feira (06), no plenário da Câmara, o deputado federal Evair de Melo (PV-ES) destacou que “a internet é a grande marca do século XXI e, sem dúvidas, um instrumento indispensável ao desenvolvimento socioeconômico de nossa sociedade atual. A conexão com a rede permite que as pessoas tenham acesso a informação, contribuindo para o desenvolvimento do Brasil e para a manutenção do homem do campo. Atuamos de forma efetiva na divulgação e implementação desse programa em nosso Estado Capixaba. Somos defensores irrestritos da ampliação do acesso a internet a todos os cidadãos brasileiros”.

 

 

 

 

O Programa oferecerá internet gratuita a escolas, postos de saúde e hospitais e banda larga a preços reduzidos do Internet para Todos, Para participar o prefeito deve informar as localidades que não possuem conexão em banda larga e definir um local para a instalação das antenas e dos equipamentos. Cabem também aos municípios a segurança da área e as despesas com energia elétrica que os equipamentos vão consumir.

 

 

 

 

De acordo com o Ministério a instalação das antenas começa na primeira quinzena de maio e deverão ser instalados 200 equipamentos por dia.

 

 

 

 

Autor do Projeto de Lei (1549/2015), que dispõe sobre a organização dos serviços de telecomunicações e cria a política nacional de incentivo à instalação de telefonia móvel e internet em comunidades rurais, Evair apresentou uma proposta inovadora (PL 8824/17) que altera a legislação para que as Cooperativas também possam prestar serviço de telefonia móvel e internet no país.

 

 

 

 

Segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), realizado em 2017, 11,6 milhões de domicílios no país que poderiam pagar pelo acesso à banda larga fixa ou móvel (3G ou 4G), não tem o serviço disponível nas suas localidades.

 

 

 

 

Aderiram ao programa:

 

Comentários