Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

06 de Dezembro de 2019 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Professores do ES decidem continuar greve na rede estadual
Publicado 24 de abril de 2014

capa-greveCerca de 1,5 mil professores da rede estadual de ensino, de todo Espírito Santo, compareceram ao Álvares Cabral e decidiram pela continuação da greve, iniciada no dia 15 de abril.

 

Após assembleia, 600 profissionais seguiram em caminhada para o Tribunal de Justiça, protestando contra a ilegalidade da greve. A manifestação terminou por volta das 12h30.

 

De acordo com um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sindiupes), João Paulo Cardoso, a previsão é de que a greve continue até o dia 29 de abril, quando uma nova assembleia será realizada, finalizando com uma caminhada até o Palácio Anchieta. O local da reunião ainda não foi decidido pela categoria.

 

Entre as demandas dos profissionais estão reajuste salarial de 10%, pagamento do piso salarial da categoria (de R$ 950) e votação direta para diretores de escola.

 

O secretário de Educação Klinger Barbosa Alves informou que desde o início da greve foi decretada uma ação judicial, em que consta ilegalidade nas paralisações. Barbosa ainda informou que está aberto à debates junto ao sindicato para melhor atender as demandas dos manifestantes. “ Nós estamos abertos à discussão. Estamos fazendo várias reuniões e debates”, disse. Quanto à revindicação de correção salarial, o secretário disse que não pode atender no momento devido à legislação brasileira, que proíbe qualquer tipo de reajuste salarial em época de eleições. Barbosa também informou que está tomando as providências para que as escolas funcionem normalmente.

 

G1

Comentários