Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

21 de Setembro de 2018 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Santa Maria de Jetibá é contemplada com maior programa ambiental do Estado
Publicado 8 de junho de 2018

WhatsApp Image 2018-06-08 at 3.46.03 PM (1)

 

 

 

Uma cidade que surgiu às margens do Rio Santa Maria da Vitória receberá obras para a complementação do Sistema de Esgotamento Sanitário, que beneficiarão não só a região, mas também a população metropolitana. O maior programa ambiental já realizado no Espírito Santo – o Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem – fará com que na área urbana de Santa Maria de Jetibá o tratamento de esgoto salte de 53% para a universalização.

 

 

 

A ordem de início de serviço foi assinada, nesta sexta-feira (08), na semana em que se comemora o Meio Ambiente. As obras começam no segundo semestre, com prazo de execução de 24 meses, com 12 meses de operação assistida. O evento contou com a presença do governador Paulo Hartung e da diretoria da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan).

 

 

 

Hartung chamou atenção para importância da sociedade estabelecer uma relação equilibrada com os recursos naturais. “Estamos trazendo uma ação importante para Santa Maria de Jetibá onde, dentro das comemorações da Semana do Ambiente, estamos liberando os recursos e obras para captar 100% do esgoto. É uma obra que conta com investimentos de R$ 20 milhões”, destacou.

 

 

 

O presidente da Cesan, Amadeu Wetler, destacou a importância ambiental do investimento na cidade e os benefícios que vai trazer para os moradores. “Após a implantação do sistema, vamos tratar 74 milhões de litros de esgoto por mês. Ter atenção ao saneamento básico é fundamental para cuidar do meio ambiente, na semana que lembramos a data, comemorada no último dia 5, e também da saúde da população”, afirmou Amadeu.

 

 

 

O Rio Santa Maria é um dos principais fornecedores de água para a população da Grande Vitória, contribuindo para o abastecimento de 700 mil habitantes, por isso, o investimento no sistema de esgotamento sanitário da cidade beneficiará também a Região Metropolitana.

 

 

 

 

O município

 

 

Formada originalmente por agricultores familiares, Santa Maria de Jetibá tem uma grande diversidade de produção agrícola, sendo o município o maior produtor de hortifrutigranjeiros capixaba, com produtos consumidos na Grande Vitória, além de alcançar mercados de Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro.

 

 

 

– Santa Maria de Jetibá

 

Beneficiados (final de plano 2036): 19.177

 

Bairros: São Luiz, Vila Jetibá, Vila Nova e São Sebastião do Meio

 

Serão implantados:

 

33 km de rede de esgoto

 

1.396 ligações de imóveis na rede

 

903 ligações intradomiciliares

 

4 elevatórias de esgoto bruto

 

Ampliação de 1 Estação de Tratamento de Esgoto, com capacidade para tratar 29 litros por segundo

 

Preservação da Bacia e Rio Santa Maria da Vitória

 

74,3 milhões de litros de esgoto tratados/mês

 

2.477.952 litros de esgoto tratados/dia

 

 

 

Programa das Águas e da Paisagem

 

 

O Programa das Águas e da Paisagem é inovador por fazer ligações intradomiciliares e realizar ações integradas para o uso coordenado da água, do solo e de recursos relacionados ao desenvolvimento sustentável. As ações do programa envolvem planejamento e gestão dos recursos hídricos e também de gestão de risco, com investimento específico para o saneamento ambiental.

 

 

 

Parte da Região Serrana e a Região do Caparaó – conhecida por ser uma das mais visitadas do Espírito Santo devido às belas paisagens – terão o sistema de esgotamento sanitário universalizado com este investimento, pois a falta de saneamento básico não afeta apenas a saúde, mas também a economia e o turismo.

 

 

 

O Programa tem abrangência estadual, e além dos municípios da Região do Caparaó, Dores do Rio Preto, Irupi, Iúna e Ibatiba, Divino de São Lourenço e Conceição do Castelo, e da Região Serrana, em Marechal Floriano, Santa Leopoldina e Santa Maria de Jetibá, também haverá ações específicas para o saneamento ambiental em Vila Velha e Cariacica, das bacias dos Rios Santa Maria da Vitória e Jucu.

 

 

 

Outro objetivo também é ampliar a cobertura florestal do Estado, com o programa Reflorestar e o projeto Mangaraí, e institucionalizar e promover boas práticas agrícolas e de construção de estradas vicinais para contribuir para a redução do assoreamento e da poluição dos corpos d’água.

 

 

 

Governo do Estado

Comentários