Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

25 de Agosto de 2019 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Servidores públicos protestam durante sessão na Câmara
Publicado 28 de maio de 2014

imagem noticiaServidores públicos de Santa Maria de Jetibá protestaram durante sessão na Câmara Municipal na última segunda (26).

 

Com cartazes e usando nariz de palhaço, um grupo de servidores públicos protestaram durante sessão solene na Câmara Municipal de Santa Maria de Jetibá na última segunda-feira (26).

 

Cartazes com frases como “Uma Administração que não cumpre seus acordos é uma administração mentirosa!” e “Chega de blá blá blá, cumpra o que promete!” eram erguidos durante as falas dos vereadores. Vaias, aplausos e palavras de descontentamento também eram manifestas pela classe que acompanhou a sessão.

 

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos (Sindijetibá), um dos motivos da manifestação foi a quebra, por parte da atual administração municipal, de um acordo firmado entre o Sindicato e o prefeito Eduardo Sthur durante as eleições. A cláusula, que causou tal descontentamento dos manifestante, diz o seguinte: “Encaminhar todos os projetos de lei relacionado aos servidores (as) públicos, anterior a votação ao SINDIJETIBÁ (Sindicato dos Servidores (as) Públicos Municipal de Santa Maria de Jetibá.”

 

Clique aqui e veja a cópia do acordo.

 

Na última sexta-feira (23), por volta das 17 horas, o Secretário de Administração, Vanderlei Sthur, protocolou um documento relacionado ao reajuste salarial dos servidores públicos e enviou para votação na Câmara Municipal, sem realizar um diálogo e acordo com o sindicato. Votado e aprovado, o documento que é baseado na inflação, garante apenas o reajuste do decorrente ano, sendo 4,2%  o aumento salarial e  8,7% para o auxílio alimentação.

 

Os servidores públicos protestaram os reajustes. Segundo o sindicato, o mesmo que é assegurado por lei não é feito durante anos, resultando em salários defasados e alguns inferiores a um salário mínimo.

 

A administração municipal garante que continuará o diálogo com o sindicato, e que a aprovação do documento na última segunda-feira não põe um fim nas negociações.

 

Em descontentamento, o sindicato garante que as manifestações irão continuar até que haja um acordo e reajuste baseado nos anos que o mesmo não foi feito.

 

Redação Jetibá Online

Comentários