Jetibá Online
Rádio Jetibá Online

13 de Dezembro de 2017 | Santa Maria de Jetibá, ES

Busque no Jetibá Online:



Notícias

Vários municípios da Região Serrana estão em alerta por conta das chuvas.
Publicado 2 de dezembro de 2017

 

Nível do Rio Santa Maria em Santa Leopoldina.

Nível do Rio Santa Maria em Santa Leopoldina.

 

 

As três santas tem alguns pontos de alagamento e deslizamentos de encostas, mas até o momento não foi registrado nenhuma ocorrência grave. Em Santa Leopoldina o nível do Rio Santa Maria já está atingindo alguns pontos da cidade. A Defesa Civil alerta para a população ficar atenta em algumas localidades.

 

 

Santa Maria de Jetibá

 

 

WhatsApp Image 2017-12-02 at 11.02.40 (1)

Em Rio Possmoser, zona rural de Santa Maria de Jetibá, um morador disse que a água invadiu a rua principal impedindo a passagem de veículos na manhã deste sábado (02). Um pluviômetro particular instalado no centro de Santa Maria de Jetibá registrou 137 mm de chuva nas últimas 36 horas. Considerando as chuvas desde o dia 28 já são 169,8 mm registrados no centro da cidade. Ainda em terras pomeranas, no bairro Vila Nova, um muro de contenção, construído em janeiro deste ano, desmoronou na Rua do Catavento (foto).

 

 

 

 

O boletim da Defesa Civil mostra que o município teve o maior acumulado de chuva nas últimas 24 horas. O Rio Possmoser continua subindo, colocando os moradores em alerta. Internautas informam que no interior do município há várias localidades alagadas.

 

 

Santa Teresa

 

 

A água passou por cima da ponte da Comunidade da Penha. Foto: Ademar Guetler

A água passou por cima da ponte da Comunidade da Penha. Foto: Ademar Guetler

 

 

Em Santa Teresa a comunidade da Penha amanheceu com a água passando por cima da ponte, no entanto não foi registrada nenhuma ocorrência mais grave. De acordo com a Defesa Civil municipal que está percorrendo todo o município na manhã deste sábado (2), no pé da serra ocorreram pequenos deslizamentos de pedras e terra próximo a propriedade dos Ferrari, entre Santo Antônio do Canaã e o Vale do Canaã.

 

WhatsApp Image 2017-12-02 at 11.42.47

De acordo com a jornalista Fernanda Coutinho, a chuva elevou o nível do Rio 5 de Novembro, que abastece o distrito de Santo Antônio do Canaã. Somente na madrugada deste sábado (2), choveu 140 mm, de acordo com medição realizada em pluviômetro de um agricultor da localidade de Córrego Seco, no distrito. Uma benção para os moradores que relataram que somente neste ano, no mês de outubro, o leito ficou completamente seco em pelo menos duas ocasiões, devido à estiagem.

 

 

Moradores também relataram alagamentos na altura do Destacamento da Polícia Militar (DPM) do distrito. Eles relataram que ocorreu entupimento dos bueiros, devido à força das águas que, junto com a lama, invadiu algumas casas e estabelecimentos comerciais.

 

 

O coordenador da Defesa Civil, Gustavo Casé, tranquilizou a população e disse que, pelo volume de chuvas que ocorre desde quinta-feira, a situação no município está sob controle, mas alerta para a previsão de mais chuvas fortes neste sábado.

 

 

Santa Leopoldina

 

WhatsApp Image 2017-12-02 at 09.05.16 WhatsApp Image 2017-12-02 at 07.49.46

 

 

Em Santa Leopoldina, o Rio Santa Maria está cheio e chegou no nível do estacionamento municipal, que foi interditado. Há risco de inundação na cidade, segundo a Defesa Civil Estadual.

 

 

Em outros municípios, como Afonso Claudio e Itarana, o alerta passou de moderado para alto neste sábado, com risco de inundação.

 

 

A previsão é de mais chuva

 

 

As chuvas irão continuar no Espírito Santo. De acordo com o Instituto Climatempo nuvens muito carregadas crescem sobre o Estado provocando chuva generalizada, com risco de temporais. A chuva será volumosa, podendo causar alagamentos, transbordamentos e até deslizamentos de terra, já que tem chovido com frequência nessas regiões. Grandes volumes de chuva, entre 100 e 200 mm devem ser acumulados sobre o centro-norte do Rio de Janeiro, em áreas do Espírito Santo e sobre a maioria das regiões de Minas Gerais.

 

 

Reportagem com a colaboração de Leonardo Meira, Anderson Percílios, José Ivane de Souza, Fernanda Coutinho, grupos de whatsapp e da Defesa Civil de cada município. 

Comentários